× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Prosas de Braga
Vivências e sonhos de um poeta e eterno aprendiz!
Textos
ENTÃO AGRADEÇO

ENTÃO AGRADEÇO

Acordar todo dia,
Podendo agradecer,
Não será todo dia,
Se um dia eu morrer.

E a minha alegria,
De poder pertencer,
É a família ser guia,
De todo meu querer.

Mesmo quando há dias,
Que eu prefiro nem ser,
Em que vem agonias,
De querer só morrer.

Eu reclamo a meu guia,
Pelo que me acontecer,
Quando minha nostalgia,
Não me faz esquecer.

Só então agradeço,
No meu jeito de ser,
Ante a dor que padeço,
Mesmo sem merecer.

Pois assim é o martírio,
Que nos traz o sofrer,
Bem diante ao delírio,
De viver por viver.
Poeta Braga Costa
Enviado por Poeta Braga Costa em 03/04/2021
Comentários