× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Prosas de Braga
Vivências e sonhos de um poeta e eterno aprendiz!
Textos
NOSSO AGORA É SER

NOSSO AGORA É SER

O que poderia ser a liberdade,
Se tudo que vejo é tão virtual?
Pois já não conheço a minha cidade,
E o mundo já chega pelo sinal.

Tudo só era andar pelas ruas,
E dar um aceno a todos nas portas,
E as verdades eram tão nuas,
Mas, hoje em dia, quem se importa?

Todos agora são mais egoístas,
Pois o progresso nos afastou,
Com argumentos sendo faíscas,
Das labaredas que tudo queimou.

Já não consigo achar um bom livro,
Se já não tenho o tempo pra ler,
Então prossigo em busca do artigo,
Com a agonia de ser ou não ser.

Hoje só vemos o povo querendo,
Tudo que a indústria apenas seduz,
Foge o artista do dono do tempo,
Que diz ao poeta: Você não produz!

E só acusam que sonhos não servem,
Porque só enxergam o agora e o poder,
Querem o sangue dos que padecem,
Como única razão dessa vida de ter.

Mas até quando seremos só ter?
Se não levamos nada daqui,
Quando só quero um colo pra ser,
O que eu levo quando partir.

🌜🌝🌛
Poeta Braga Costa
Enviado por Poeta Braga Costa em 28/03/2021
Comentários